Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2015 -

Você sabia : As mulheres já podem fazer xixi em pé.


Esta matéria fez tanto sucesso em nosso jornal no domingo, rolou na rede, mas alguns leitores não conseguiram  ler. Fique tranquilos que estamos re-pulicando agora. 

Pois é, senhoras e senhores! Quando você acha que não faltava mais nada para ser inventado no planeta Terra, eis que surge algo mirabolante para o mercado feminino, fazendo com que a mulherada agora possa fazer xixi em pé — sim, é isso mesmo.

A geringonça, chamada de “Stand Up”, foi inventada foi uma empresa situada em San Francisco, nos Estados Unidos. De acordo com os criadores do aparato mirabolante, essa espécie de “funil pink” é o primeiro dispositivo descartável, biodegradável, que cabe na bolsa e permite as mulheres urinar de pé, sem maiores dificuldades e incômodos.




Essa ideia inusitada surgiu na cachola de uma própria mulher, Sarah Grossman, graduada na prestigiada Universidade de Stanford e ex-integrante do escritório da primeira-dama americana. De acordo com ela, a intenção foi elaborar um produto simples, mas que ajudasse proteger as mulheres de contraírem doenças em banheiros públicos — quase sempre totalmente imundos.



Se você gostou da ideia, pode comprar o seu “Stand Up” na loja oficial do produto, em que um pacote com seis unidades custa US$ 6. Será que a moda pega por aqui?





Veja coisas que você vê, usa e estão todos os dias na sua vida e você não sabe o nome.

Diariamente acontecem situações ou você usa ou aparecem objetos na sua vida que não imagina e tão pouco sabe o nome. Alguns exemplos buscamos e colocamos aqui. Agora você vai saber no momento que acontecer a situação ou pegar os objetos. Veja alguns listados abaixo.


Filtro labial
É tipo esses dois ‘riscos’ que temos acima do lábio superior.

Lúnula
Algumas pessoas as chamam de meia lua, mas o nome para tal anatomia é lúnula.

Ferrule
Parte metálica que fixa a borracha no lápis.


Ginecomastia
Assim é chamado o crescimento das mamas, nos homens, que geralmente é associadas ao desequilíbrio de hormônios.



Dedo de Morton
É o termo usado quando o segundo dedo do pé é maior que o dedão.




Parestesia
É o fato de quando temos um formigamento temporário em alguma parte do corpo.




Fosfenos
São como luzes que aparecem quando se aperta forte os olhos.



Orelha
Lado oposto da cabeça do martelo que usa-se para arrancar pregos ou cravos.



Petrichor
O famoso ‘cheiro de chuva’.


Agulheta
Revestimento plástico na ponta do cadarço.


Mar pode aumentar 10 cm com descolamento de iceberg gigantesco da Antártida. Faltam só 13 km

A enorme rachadura na plataforma de gelo Larsen C, na Antártida, que pode gerar um dos dez maiores icebergs do mundo, mudou radicalmente de direção. 

"A fenda avançou por mais 16 km, com uma aparente e significativa curva à direita perto do final. Agora, só faltam 13 km para que o iceberg se desprenda completamente", diz à BBC - Adrian Luckman, professor da Universidade de Swansea, no Reino Unido. 

Ele acrescenta que a fissura pode estar "muito próxima". Mas Luckman ressalva que nada ainda é totalmente certo. Os dados mais recentes foram colhidos entre 25 e 31 de maio pelos satélites Sentinel­1 da União Europeia. Os registros foram feitos com a ajuda de radares por causa do início do rigoroso inverno, quando a Antártida permanece praticamente no escuro. Depois de ter avançado em dezembro, o ritmo de aumento estacionou depois que a fenda entrou na chamada zona de "sutura", uma região de gelo flexível e mole. Mas o cenário mudou no início do mês passado, quando a ponta da rachadura bifurcou, e a nova ponta mudou de direção rumo ao oceano. Quando o iceberg se desprender, o enorme bloco deve se afastar gradualmente da plataforma de gelo. 

"Isso não deve acontecer rapidamente porque o Mar de Wedell é repleto de gelo, mas tenho certeza de que será mais rápido do que todo o processo de ruptura dos últimos meses. Tudo dependerá das correntes e dos ventos", explica Luckman. 

O bloco de gelo que ameaça se desprender tem 5 mil km² (o equivalente a 500 mil campos de futebol ou à área do Distrito Federal). 

A Larsen C é a maior plataforma de gelo no norte da Antártida. As plataformas de gelo são as porções da Antártida onde a camada de gelo está sobre o oceano e não sobre a terra. Segundo cientistas, o descolamento do iceberg pode deixar toda a plataforma Larsen C vulnerável a uma ruptura futura. A plataforma tem espessura de 350 m e está localizada na ponta oeste da Antártida, impedindo a dissipação do gelo. 

Os pesquisadores vêm acompanhando a rachadura na Larsen C há muitos anos. Recentemente, porém, eles passaram a observá­la mais atentamente por causa de rupturas das plataformas de gelo Larsen A, em 1995, e Larsen B, em 2002. 
No ano passado, cientistas afirmaram que a rachadura na Larsen C estava aumentando rapidamente. Mas, em dezembro, o ritmo aumentou a patamares nunca antes vistos, avançando 18 km em duas semanas. 

Aquecimento global 

Os cientistas dizem, no entanto, que o fenômeno é geográfico e não climático. A rachadura existe por décadas, mas cresceu durante um período específico. Eles acreditam que o aquecimento global tenha antecipado a provável ruptura do iceberg, mas não têm evidências suficientes para embasar essa teoria. No entanto, os cientistas permanecem preocupados sobre o impacto do descolamento desse iceberg do restante da plataforma de gelo, já que a ruptura da Larsen B em 2002 aconteceu de forma muito semelhante. Como vai flutuar sob temperatura constante, o iceberg não aumentará o nível dos mares. Mas novas rupturas na plataforma podem acabar dando origem a geleiras que se desprenderiam em direção ao oceano. Uma vez que esse gelo derrete, afeta o nível dos mares. Segundo estimativas, se todo o gelo da Larsen C derreter, o nível dos mares aumentaria cerca de 10 cm. Há poucas certezas absolutas, contudo, sobre uma mudança iminente no contorno da Antártida.



Sabia que você canta o "Parabéns pra você" errado?


Se nas festinhas de aniversário você sempre cantou 

“Parabéns pra você, nesta data querida, muitas felicidades, muitos anos de vida”, 

então saiba que você sempre cantou errado! 
Pois é, caro leitor do JR, fomos vasculhar na internet e descobrimos isso.
Quem revelou essa gafe foi Eliana Homem de Mello Prado, neta de Bertha Homem de Mello, autora da versão brasileira da popular canção.

Segundo Eliana contou para um site de grande prestigio, a letra correta da música é 

“Parabéns a você, nesta data querida, muita felicidade, muitos anos de vida”, 

e a avó ficava muito brava quando ouvia o povo cantar esses dois versos errado. E olha que tem bastante gente cantando a canção do jeito errado!

De acordo com a matéria, originalmente o mundialmente famoso “parabéns” foi criado em 1875 nos EUA por duas professoras primárias chamadas Patricia e Mildred Hill. 
A primeira versão era chamada Morning to all (ou Bom Dia para Todos em tradução livre) e foi composta para que os alunos das teachers cantassem pelas manhãs.

A música só foi virar uma canção para celebrar aniversários em 1924, quando uma editora transformou o Morning to all em Happy Birthday to You, e se espalhou pelo mundo depois de ser cantada em uma peça da Broadway. Aqui no Brasil, a letra ganhou a tradução que conhecemos hoje — e cantamos errado — em 1942, graças a um concurso da Rádio Tupi, sendo escolhida entre 5 mil participantes por uma comissão da Academia Brasileira de Letras.

Conforme esse site, de acordo com o Ecad — Escritório Central de Arrecadação e Distribuição —, o “parabéns” é uma das músicas mais executadas em todo o país e há quatro anos é uma das duas canções mais tocadas nos segmentos Salão de Festas e Músicas ao Vivo. Com tamanha popularidade, que tal começarmos a cantar a música com a letra certa?
No próximo aniversario você já sabe....cante certo