Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2015 -

Objetos que você vê e coisas que acontecem diariamente que você não sabe como se chama.

Diariamente acontecem situações ou você usa ou aparecem objetos na sua vida que não imagina e tão pouco sabe o nome. Alguns exemplos buscamos e colocamos aqui. Agora você vai saber no momento que acontecer a situação ou pegar os objetos. Veja alguns listados abaixo.


Filtro labial
É tipo esses dois ‘riscos’ que remos acima do lábio superior.


Lúnula
Algumas pessoas as chamam de meia lua, mas o nome para tal anatomia é lúnula.

Ferrule
Parte metálica que fixa a borracha no lápis.


Ginecomastia
Assim é chamado o crescimento das mamas, nos homens, que geralmente é associadas ao desequilíbrio de hormônios.



Dedo de Morton
É o termo usado quando o segundo dedo do pé é maior que o dedão.




Parestesia
É o fato de quando temos um formigamento temporário em alguma parte do corpo.




Fosfenos
São como luzes que aparecem quando se aperta forte os olhos.



Orelha
Lado oposto da cabeça do martelo que usa-se para arrancar pregos ou cravos.



Petrichor
O famoso ‘cheiro de chuva’.


Agulheta
Revestimento plástico na ponta do cadarço.


*Estamos cantando o parabéns errado.



Se nas festinhas de aniversário você sempre cantou 

“Parabéns pra você, nesta data querida, muitas felicidades, muitos anos de vida”, 

então saiba que você sempre cantou errado! 
Pois é, caro leitor do JR, fomos vasculhar na internet e descobrimos isso.
Quem revelou essa gafe foi Eliana Homem de Mello Prado, neta de Bertha Homem de Mello, autora da versão brasileira da popular canção.

Segundo Eliana contou para um site de grande prestigio, a letra correta da música é 

“Parabéns a você, nesta data querida, muita felicidade, muitos anos de vida”, 

e a avó ficava muito brava quando ouvia o povo cantar esses dois versos errado. E olha que tem bastante gente cantando a canção do jeito errado!

De acordo com a matéria, originalmente o mundialmente famoso “parabéns” foi criado em 1875 nos EUA por duas professoras primárias chamadas Patricia e Mildred Hill. 
A primeira versão era chamada Morning to all (ou Bom Dia para Todos em tradução livre) e foi composta para que os alunos das teachers cantassem pelas manhãs.

A música só foi virar uma canção para celebrar aniversários em 1924, quando uma editora transformou o Morning to all em Happy Birthday to You, e se espalhou pelo mundo depois de ser cantada em uma peça da Broadway. Aqui no Brasil, a letra ganhou a tradução que conhecemos hoje — e cantamos errado — em 1942, graças a um concurso da Rádio Tupi, sendo escolhida entre 5 mil participantes por uma comissão da Academia Brasileira de Letras.

Conforme esse site, de acordo com o Ecad — Escritório Central de Arrecadação e Distribuição —, o “parabéns” é uma das músicas mais executadas em todo o país e há quatro anos é uma das duas canções mais tocadas nos segmentos Salão de Festas e Músicas ao Vivo. Com tamanha popularidade, que tal começarmos a cantar a música com a letra certa?
No próximo aniversario você já sabe....cante certo

*Você sabe o que é Hipopotomonstrosesquipedaliofobia???


Hipopotomonstrosesquipedaliofobia é uma doença psicológica que se caracteriza pelo medo irracional (ou fobia) de pronunciar-se palavras grandes ou complicadas. Se caracteriza pela aversão ou nervosismo em momentos nos quais o indivíduo deve empregar palavras longas ou de uso pouco comum (discussões técnicas, médicas, científicas etc), assim como evitar ou não mencionar palavras estranhas ao vocabulário coloquial.

Esta fobia pode ser causada pelo medo de pronunciar incorretamente a palavra, já que isto representa uma possibilidade de que a pessoa fique em desvantagem, seja visto como alguém de cultura inferior ou pouco inteligente, perante seus iguais. Muitas vezes, esta fobia vem acompanhada de timidez social e medo de ser ridicularizado.
A própria palavra hipopotomonstrosesquipedaliofobia representa certa ironia, visto que, além de ser longa e estranha, indica uma fobia à palavras semelhantes. Justamente por isso, para evitar problemas, as abreviaturas equipedalofobia e sesquipedaliofobia também têm sido utilizadas.

Etimologia
Hipopotomonstrosesquipedaliofobia é constituída dos seguintes elementos:

Hipopoto vem do grego hippopoto, que significa grande.
Monstro é a palavra latina para monstruoso.
Sesquipedali é uma forma mutilada do latim sesquipedalian que significa “palavra grande” (literalmente, “um pé e meio de largura” em latim).
Fobia significa “medo”.